Edifício dos anos 1980 foi reformado para sediar a feira de arte queridinha dos brasileiros

Centro de Convenções de Miami Beach ganhou nova fachada em projeto do arquiteto Curtis Fentress, em parceria com a Arquitectonica.

Na semana de tantas novidades na cidade mais famosa da Flórida, surge mais uma: a Art Basel Miami Beach ganhou nova casa. Depois de anos em reforma, o Centro de Convenções ficou pronto para receber trabalhos de artistas de várias partes do mundo na 17ª edição da feira, de 6 e 9 de dezembro. O arquiteto Curtis Fentress, em parceria com a Arquitectonica, assina a renovação. Ele é também responsável pelos projetos do Aeroporto Internacional de Denver, EUA, e do US Pavilion, na Expo 2020, em Dubai.

Aço e vidro compõem a fachada, cujo formato ondulado se inspira na vida marinha. Algumas das melhorias implementadas na reforma são varandas ao ar livre, corredores com luz natural e um novo estacionamento no terraço. Essas e outras medidas renderam ao centro de convenções o Leadership in Energy and Environmental Design Silver, uma certificação para construções sustentáveis.

Além das feiras de arte e design, outros eventos paralelos ocorrem na cidade durante esse período. Marcas brasileiras entram na programação. Em véspera de Art Basel Miami Week, a Ornare lança no sábado (1 de dezembro) o recente livro do arquiteto Guilherme Torres no showroom no Design District e, no dia 6, recebe convidados para seu tradicional coquetel. A Artefacto, em 5 de dezembro, inaugura a exposição do designer Sérgio J. Matos com os artistas José Paulo, Mozart Guerra e Rizza. Na Lincoln Road, a paulista Nina Pandolfo pintará um mural ao ar livre, enquanto a CASACOR Miami, já de portas abertas desde amanhã (30), receberá a turma da arte, do design e da decoração. Brasileiros por lá certamente não faltarão.

Fotos: Divulgação/Alastair Philipp Wiper.

O prédio conquistou a certificação Leadership in Energy and Environmental Design Silver, para construções sustentáveis. 

Detalhe da fachada, composta por aço e vidro.