Novidades da feira de design curada por Marisa Ota, empresária reconhecida por revelar talentos desse mercado

Das mais tradicionais plataformas de negócios, inspirações e tendências do país, a Paralela Design chega a 36ª edição como uma das principais vitrines do design autoral brasileiro. Há 18 anos à frente da feira, a curadora Marisa Ota continua a exercer seu olhar refinado e de vanguarda, que lançou dezenas de nomes no mercado. Na nossa seleção, mostramos alguns dos trabalhos expostos nesta segunda edição de 2019 – de 15 e 17 de agosto, no Pavilhão Oca Ibirapuera, em São Paulo.

Alva Design, formada pelo arquiteto Marcelo Alvarenga e pela artista plástica Suzana Bastos, ampliou a linha de bandejas Eva, que conta agora com novas cores e tamanhos, além de bases para formar mesas laterais, a Leva. Os vasos Cone são também lançamento, já mostrados no ambiente do arquiteto mineiro Pedro Lázaro na Casa Cor São Paulo.

À frente da Konsepta, Claudia Issa sempre transitou pelo universo criativo, impulsionada pela formação como designer gráfica e pela atuação como diretora de arte. Trabalhar com cerâmica e vidro foi consequência da vontade de se aprofundar em um novo campo. Num processo muito intuitivo, ela elabora peças de argila atemporais e de forte conceito artístico. O tom preto tem dominado sua produção artesanal, como se pode ver na foto acima.

A nova coleção da Trapos e Fiapos imprime o jeito de viver da comunidade de Santa Rita, município no Piauí. Batizada Varanda, ela faz o arremate da rede de dormir, trazendo modelos dos mais variados desenhos e cores. O tapete Capoeira lembra a imagem que o vaqueiro guarda ao recolher seu rebanho de porte pequeno e tons variados, dando um lindo colorido à paisagem. O modelo Cobertor lembra o conforto da sombra de uma árvore e da nossa obrigação de preservar a natureza.

A gaúcha Paula Juchem apresenta sopeiras e um pote alto inspirado na série norte-americana Jeannie é um Gênio, dos anos 1960, além de uma coleção de centros de mesa com carinhas. Tudo muito colorido e intenso.

A artista plástica mineira Regina Medeiros domina a arte do vidro e, como ninguém, cria peças de colorido exuberante, proveniente dos minerais do rico solo de seu Estado. Acima, alguns bowls lançados por ela na feira de design. Seu portfólio, porém, é muito mais extenso, há desde utilitários a obras de arte.

Daniela Scorza e Caio de Medeiros, do Estudio Manus, formaram parceria com Domingos Tótora para formar peças lúdicas como esta. A dupla de São Paulo interferiu com delicadeza e poesia no trabalho do mineiro, reconhecido internacionalmente pelo técnica desenvolvida com papel reciclado.

Veja mais lançamentos na galeria abaixo.