De banco gigante à retrospectiva do design: os eventos que você não pode perder durante a Design Week Paris, até 14 de setembro

Começou ontem (5) a Design Week Paris, que agita a capital francesa com lançamentos e instalações dos principais designers e marcas durante intensos dez dias, com o tema Híbrido. A edição de verão da Maison&Objet é um dos eventos-âncora do festival e vai apontar de hoje (6) a terça-feira (10) as tendências desta temporada sob o mote Espaços de Trabalho. Antecipamos algumas das novidades que serão apresentadas nesse período:

Fotos: Divulgação. 

A cada edição – são duas por ano, a Maison&Objet Paris elege um profissional como Designer do Ano, título que já agraciou Tom Dixon, Ilse Crawford e, mais recentemente, o alemão Sebastian Herkner. A escolhida desta edição foi a francesa Laura Gonzalez. Dona de um estilo único, a designer de interiores mistura cores, estampas, texturas e referências nos seus trabalhos desde 2008, quando abriu seu escritório. Desde então, foi responsável pela ambientação de lojas de marcas como Cartier, Christian Louboutin, Pierre Hermé and l’Occitane, além de projetos residenciais, hoteleiros e comerciais badalados em Paris.

Fotos: Divulgação. 

Desta vez a Maison&Objet procurou eleger apenas designers norte-americanos no prêmio Rising Talents – talentos emergentes, em português. Foram seis agraciados: Alex Brokamp; Bailey Fontaine; Green River Project, formado por Aaron Aujla e Benjamin Bloomstein; Harold, da dupla Reed Hansuld e Joel Seigle; Kim & Company, de Kira de Paola e Joseph Vidich; e Rosie Li. Abaixo você confere a produção de cada um deles.

Lançamentos

Fotos: Divulgação. 

A suíça Vitra apresenta na Maison&Objet suas novas coleções de objetos e acessórios assinados por ícones do design: Jean Prouvé (1901-1984), Alexander Girard (1907-1993) e George Nelson (1908-1986). Entre as novidades, está a linha Herringbone, concebida pelo estúdio Raw-Edges, que contempla almofadas, vasos e árvores com cores e estampas desenvolvidas pela dupla Shay Alkalay e Yael Mer, que comanda a marca inglesa.

Foto: Divulgação. 

A ABUP – Associação Brasileira das Empresas de Utilidades e Presentes – participa pela primeira vez da Maison&Objet em uma parceria com a Apex-Brasil. Oito empresas expõem seus produtos na feira: Cerâmica Scalla, Porto Brasil Cerâmica, Holaria, Marco500, Metaltru, Rima Casa (que representa o designer Sérgio J. Matos, coautor da cestaria da foto), Santa Luzia Redes e Decoração e St. James.

Fotos: Reprodução/Instagram. 

No Renaissance Paris Vendome Hotel, os designers Nicolas Granger e Loïc Bard lançam a cadeira Silo, produzida de madeira.

Foto: Reprodução/Instagram. 

Dez designers ucranianos expõem seus desenhos e ideias na exposição “La Sphère Blanche: design Ukrainien”. A penteadeira Sofi, criada por Inna Zimina, tem como inspiração um vestido lançado pela Dior na coleção de primavera de 2018 da marca.

Fotos: Reprodução/Instagram. 

A marca francesa La Parqueterie Nouvelle mostra novos revestimentos de parede feitos de rolhas recicladas em seu showroom em Pigalle.

Exposições e instalações para se visitar

Foto: Reprodução/Instagram. 

A exposição Guiltless Plastic – plástico sem culpa, em tradução livre, traz diversas peças produzidas a partir do material reciclado, com obras de designers renomados, sob a curadoria da italiana Rossana Orlandi. Na edição do primeiro semestre, ocorrida em Milão, a curadora destacou peças como a daybed de Alessandro Mendini, na foto acima. Vale acompanhar de perto no Le BHV Marais.

Fotos: Reprodução/Instagram. 

O Museu Cité de l’Architecture et du Patrimoine faz uma verdadeira retrospectiva do design de mobiliário e seus avanços tecnológicos na exposição “Le Mobilier d’architectes, 1960-2020”. A mostra se estende além do festival e vai até 30 de setembro, no Palácio Chaillot, em Trocadéro.

Foto: Reprodução/Instagram. 

A designer Céline Wright montou uma instalação com suas luminárias artesanais feitas de washi paper – papel de seda produzido no Japão – no Museu dos Arquivos Nacionais, na rua des Francs Bourgeois, 60.

Fotos: Reprodução/Instagram. 

No jardim do Museu dos Arquivos Nacionais, a francesa Ublik expõe I am a stool, uma versão de cinco metros do banco Gofr da marca.