Chicô Gouvêa estampa aves e cidades do nosso país em 12 painéis expostos na Casa Pau-Brasil

Paraty, Rio de Janeiro.

Ao largo dos 42 anos de profissão, o arquiteto Chicô Gouvêa sempre reverenciou a paisagem e a cultura brasileiras em seus projetos. Com talento para misturas – de cores, móveis e objetos de diferentes procedências, ele apresenta uma coleção de desenhos estampados em lonas de caminhão recicladas na Casa Pau-Brasil, loja especializada em produtos do nosso país, em Lisboa, capital onde o arquiteto mantém apartamento. Com medidas de 1,70 x 1,30, as “telas” retratam pássaros de 11 lugares, como Rio de Janeiro, São Paulo, Belém, Pantanal, Rio São Francisco. “Usei imagens de croquis, depois trabalhei todas elas no computador e, por último, pintei-as com aquarela”, conta. Para a pesquisa, o carioca recorreu ao Museu do Índio, no Rio de Janeiro, onde trabalhou por quatro anos. “É um acervo espetacular, um museu digno de a gente sentir orgulho”, avalia. Batizou a coleção Guyrá Rentá, que em língua guarani quer dizer: o lar dos pássaros. “Temos uma diversidade enorme de aves, algumas ficam sempre nos mesmos lugares e outras estão até em extinção. Identifiquei onde cada uma delas permanece”, conta. No Brasil, Chicô venderá os painéis sob encomenda na Olhar o Brasil, em Itaipava, na serra fluminense, loja de sua propriedade e que reúne uma boa mistura de produtos de decoração com estampas tropicais, claro!

Fotos: Divulgação.

Pesquisa no Museu do Índio, no Rio de Janeiro, muniu o arquiteto Chicô Gouvêa de informações para criar os desenhos dos pássaros nas cidades brasileiras.

Bahia de Guanabara, Rio de Janeiro

Mercado Ver o Peso, Belém do Pará

Salvador, Bahia

Rio São Francisco, em Penedo, Alagoas.

Pantanal do Mato Grosso do Sul.

Tiradentes, Minas Gerais.

Igrassú, Pernambuco.

Estação da Luz, São Paulo.

Ouro Preto, Minas Gerais.