Em sua 4ª edição, a feira da indústria de mobiliário e décor promoveu o design brasileiro em várias coleções

Realizada de 21 a 23 de agosto, a High Design reuniu cerca de 120 marcas e 400 criativos em dois pavilhões do São Paulo Expo. O design autoral esteve presente em diversas empresas, mostrando que nossa indústria está atenta à importância de se investir em projeto. Renomados designers circularam por ali para apresentar suas novidades e dar palestras. Veja nossa seleção de destaques.

A marca gaúcha Arti investiu no design autoral e trouxe uma coleção com peças dos italianos Giorgio Bonaguro e Francesco Lucchesi, em seu primeiro trabalho no país, e dos brasileiros Gustavo Martini, Juliana Vasconcellos, Nicole Tomazi, Rodrigo Ohtake e Ronald Sasson. O grupo trabalhou com madeiras nobres, como freijó, jequitibá e tauari, combinadas a outros materiais como couro, palha natural e tecidos. A cadeira Mocca, de Giorgio Bonaguro, faz referência às linhas e formas da natureza. A Delgadina, de Rodrigo Ohtake, é uma homenagem para sua esposa e, a partir do nome, assume formas “delgadas”, elegantes e sofisticadas.  As novas peças da linha Girafa, de Juliana Vasconcellos, poltrona e mesa lateral, complementam as já existentes, cadeira e mesa de jantar.  A Pampa, de Nicole Tomazi, remete ao sul do Brasil e reflete suas paisagens e cultura local. Já a poltrona de balanço Dondolo, de Francesco Lucchesi, traz o movimento suave e envolvente dos ritmos latinos.

Outra marca gaúcha, a Terrano fez parceria com o Studio Zanini, de Zanini de Zanine, e lançou 15 peças do designer. A cadeira Fina e a mesa Toss, assim como bancos e a poltrona Nanda, são novidades. Há ainda relançamentos, como a cadeira Tiss e a premiada poltrona Serfa+. A mesa de jantar Toss é um dos destaques e apresenta um desenho a partir da observação da arte e arquitetura brasileiras. Já a Cadeira Fina exibe a herança cultural dos designers modernos, com o uso da palhinha.

Com um estande que chamou a atenção na feira por sua beleza e cores da primavera, a F.Way exibiu a coleção de móveis prontos para uso tanto em escritórios como em home office. O designer Ricardo Bello Dias, radicado em Milão, projetou o espaço e fez a curadoria das peças. Ele desenhou também o sistema Jelly, com módulos de assento e mesas componíveis. Já o carioca Christoph Jenni, com escritório na Suíça, criou a longarina All, perfeita para salas de espera e recepções, a poltrona Frog, inspirada no estilo nórdico, e o banco Appia, moldado em polipropileno injetável, 100% reciclada e disponível em diversas cores. A grande estrela, no entanto, foi a premiada cadeira Ing, da japonesa Kokuyo, que mantém o corpo em movimento como em uma bola de pilates. Segundo estudos, quatro horas sentado nela corresponde a 1,5 mil km de caminhada. Todos que passavam pelo estande quiseram experimentá-la.

A marca catarinense Moora Mobilia Brasileira apresentou cinco peças assinadas. Com forte influência das cadeiras de praia, a poltrona Bella Donna, de Giacomo Tomazzi, deixa o couro se moldar ao corpo, apoiando costas, pernas, lombar e cabeça. Já Angelo Duvoisin criou o carrinho de chá Bar Oggi e a linha Dimen, composta por três versões de mesa, que podem ser usadas tanto como mesa de centro quanto mesa lateral. Aciole Felix, convidado por Ana Yajima, curadora da empresa, assinou linha exclusiva com poltrona e cadeira de conceito ligado ao movimento Bauhaus do início do século XX.

Com estande decorado com as cordas DNA de diversas cores, a Tidelli valorizou o estilo boho de sua coleção 2019. As namoradeiras de Alfio Lisi, da linha Amado, têm ares retrô. Outra novidade que chamou a atenção do público foi o suporte para balanço, que dispensa o uso de paredes para prendê-lo e pode ser usado em qualquer canto da casa ou da varanda.

Fotos: Cápsula Digital/@capsula.digital e divulgação

Toca da Movelaria, sediada no Paraná, lançou uma grande coleção com nomes importantes do design brasileiro. Um deles foi o Superlimão Studio, criadores da linha “O que te Toca?” com cinco peças: cadeira Elástica, mesas Alavanca e Miau, mancebo Pole e poltrona Colo. Felipe Protti, da Prototyp&, Sergio e Jack Fahrer, da Fahrer Design, Paulo Alves, Sergio J. Matos e Humberto da Mata são outros integrantes desse time de talentos que reforça o design autoral na marca.

As designers da Plataforma4 desenvolveram objetos para a Origin Brasil. Centros de mesa, vasos e bandejas de madeira dividiram a atenção com mesas de centro, também assinadas pelas quatro profissionais: Amélia Tarozzo, Camila Fix, Flávia Pagotti e Rejane Carvalho Leite.

Estreando na feira, a Decoralle expôs uma linha de tapetes que emprega, na matéria-prima, uma fibra de náilon produzida por meio de resíduos de pesca, o Econyl. Chamada Brasil: um colar de cores, a coleção tem exemplares assinados por Marcelo Caruso, Noemi Saga, Daniela Ziegler, Giacomo Tomazzi, Paulo Alves, entre outros.

Com uma instalação de balanços Cariri, a Lovato apresentou seu mais recente lançamento assinado por Sérgio J. Matos. O designer, radicado na Paraíba, se inspirou nos cestos empilhados na Feira Central de Campina Grande para conceber a peça. A empresa, participando pela primeira vez da feira, também expôs a linha de móveis Carbono, uma parceria com a Plantar Ideias.