Nova galeria virtual aposta em arte e design colecionável

A cadeira com ferros de passar, de Leo Capote, foi produzida com exclusividade para o lançamento da Particular.

O mercado de arte e design colecionável ganha mais um representante: a Particular, galeria virtual que nasce com a proposta de mesclar artistas e designers de relevância nacional em seu portfólio e ainda descobrir talentos. O projeto é da arquiteta capixaba Tatiana Coutinho, colecionadora de arte contemporânea e de mobiliário moderno, que decidiu lançar de forma física o negócio em São Paulo: na Galeria Aura, na Vila Madalena (exposição de hoje a 4 de dezembro). No catálogo virtual, porém, haverá trabalhos inéditos ou não. Os artistas Antônio Bokel e José Carlos Vilar prepararam obras especiais. Vilar produziu uma escultura de aço como base de uma mesa de jantar e com tampo de madeira maciça – essa não veio a São Paulo.

Planejada para o lançamento, a coleção Splendor Solis, de Camilla D’Anunziata, explora a cor branca em obras feitas de lixo reciclado com cimento e cerâmica, além de madeira achada em caçambas. “O processo começou com uma alquimia caseira, em fazer meu lixo virar ouro, assim como os alquimistas desejavam, mas que era uma metáfora para dizer que queriam transformar a ignorância em sabedoria”, afirma a artista.

Os mineiros do Alva Design, os brasilienses do Estúdio Rain e o gaúcho Guilherme Wentz também têm peças nesse acervo. Rodrigo Almeida, Juliana Vasconcellos e Gustavo Neves estão representados pela Legado Arte. Já o paulista Leo Capote criou uma poltrona utilizando a matéria-prima que remete ao início de seu trabalho como designer. “A inspiração veio da luminária fabricada a partir de um ferro de passar roupas, minha primeira peça e produzida até hoje”, conta ele. A estrela internacional fica por conta do designer chileno Rodrigo Pinto, criador de uma cadeira de bronze de edição limitada. A coleção poderá ser visitada até 4 de dezembro e depois conferida no site. No sábado (1), acontece um bate-papo entre artistas, designers e uma psicanalista, falando sobre “Arte como invenção”. Anote o endereço eletrônico: www.particular.art.br

Cabeça de Nefertiti, de Camilla D’Anunziata, faz parte da linha Splendor Solis, que explora a cor branca em itens feitos de lixo reciclado, cimento e cerâmica.

Cadeira Tri, de Juliana Vasconcellos. Não está exposta no lançamento mas será vendida pelo site com exclusividade.

Mesa de jantar do artista plástico capixaba Vilar. Feita de aço corten, ela está à venda apenas no site da galeria.