A sede, em Pinheiros, reflete o estilo de construir e decorar do premiado escritório de arquitetura

No andar térreo de um típico sobrado paulistano, os arquitetos do Estúdio Penha projetam restaurantes destinados ao sucesso. Pelo menos tem sido assim com inúmeros deles: Manioca, Bráz Pizzaria Tatuapé, Seen, Natu, entre outros. O portfólio do escritório, no entanto, não se restringe a esse segmento. Apartamentos, casas e ambientes corporativos também fazem parte da rotina projetual, que segue o conceito da “beleza da imperfeição”. Isso fica claro quando se sabe da preocupação da equipe em buscar novos usos para materiais e mobiliário descartados ao longo do tempo. Misturar o vintage com o contemporâneo, valorizar a iluminação natural e cercar-se de verde são outras premissas adotadas por eles, como contam os sócios Vitor Penha e Veronica Molina nesta entrevista.