Destacamos os lançamentos dos dois segmentos na feira de presentes e utilidades domésticas

A Abup – feira da Associação Brasileira de Empresas de Utilidade e Presentes – cresceu! Isso ficou claro para quem circulou pelos corredores do São Paulo Expo, de 16 a 19 de fevereiro. Um dos motivos para esse crescimento foi que a 38ª edição incorporou outra feira: a Têxtil & Home, voltada para o setor têxtil. Mas não foi só isso. O evento dedicou também espaço para o artesanato e o design independente em áreas como a de Marco500 e a do Projeto Célula, com 27 marcas autorais. Veja o que as grandes e as pequenas empresas, selecionadas por nós, lançaram nesse período.

Germer, evoca as cores e a abstração da galáxia em sua nova coleção Infinit. Os pratos estão disponíveis nos modelos: raso e sobremesa.

Há 40 anos fabricando panela, a Tramontina apresenta pela primeira vez modelos de ferro fundido. A linha Trento, que remete aos utensílios das vovós, tem esmalte para proteger a peça e evitar oxidação; é mais leve que as do mercado, facilitando o manuseio e a limpeza.

Bento Store inaugura por aqui a linha de bambu com marmita hermética, canudos e garrafa térmica com filtro para adicionar a erva do chá. O material escolhido assume o discurso da geração de menos lixo defendido pela empresa. Os produtos estarão à venda no site da marca a partir de abril.

Ararinha-Azul é o nome da coleção de Mariana Prestes para a We Design. Os itens de vidro e porcelana são pintados em aquarela na paleta cromática da espécie exclusiva de nosso país e em risco de extinção, motivo pelo qual a figuração é sutil, com a imagem da ave fluida.

O grande lançamento da gaúcha Riva foi a coleção de centros de mesa e fruteiras assinadas por Ronald Sasson, como a Biju (foto), mas a empresa não se restringiu a ela e trouxe para a Abup a linha Origami (à esq.) e a Amasso, em três tamanhos e cinco acabamentos, além de bandejas de diferentes modelos.

Na Rima Casa, chamaram atenção as luminárias Japiin, de fibra de uambé, feita por artesãos dos municípios de Careiro Castanho e Barcelos, no Amazonas, com a orientação do designer Sérgio J. Matos para o projeto do Sebrae-AM; e os penduradores Abinal, de Paulo Alves, fabricados em diferentes tipos de madeira, como anjelim, roxinho, catuaba, pau-cetim, garapeira e cabreúva.

No gigantesco estande de Marco 500, arte popular conviveu harmoniosamente com peças de design autoral. Aqui dois exemplos dessa parceria: as cadeiras de mestre Jasson, de Alagoas, e o vaso solitário Veredas e a fruteira Aura dos mineiros do Estúdio Iludi.

Sérgio J. Matos e a Trapos & Fiapos dividiram espaço exibindo os móveis do designer mato-grossense radicado na Paraíba e os tapetes de teares manuais da marca piauiense. Aqui, a poltrona Carapuça, inspirada nos chapéus dos cangaceiros, e o tapete que combina linha com fibra natural.

O Projeto Célula foi criado pela Abup para abrir espaço para o pequeno artesão e designer a fim de que compradores do Brasil e de outros países pudessem ter acesso ao design autoral e independente. O projeto nasceu da união da empresa expositora Marco 500 e da Feira na Rosenbaum.