Cores, materiais, produtos e designers no maior evento de negócios para a indústria de objetos decorativos e utilidades domésticas do mundo

Durante minha visita à Ambiente no início de fevereiro em Frankfurt, percorri estandes (centenas deles), entrevistei jovens talentos e os designers brasileiros convidados a participar do projeto Focus on Design Brazil, que homenageou nossa produção criativa. Todo esse material rendeu um vídeo de pouco mais de 5 minutos que eu te convido a assistir agora. Não deixe de ver também minha seleção com as novidades mais bacanas das principais marcas internacionais.

Doraff, inspirado num híbrido de girafa e cachorro, é o mais novo móvel da marca italiana Alessi, proposto para crianças, mas que já arrebata corações adultos. Pode funcionar como cadeira ou mesa, como sugere seu criador, o arquiteto holandês Ben van Berkel, do UNStudio. Outro destaque do estande, foi a escultural linha Plissé, concebida pelo estrelado designer Michele de Lucchi, com chaleira, torradeira e espremedor de frutas elétricos, que agora ganha nova versão com um modelo de chaleira mais compacto (1 l). Os eletrodomésticos são fabricados em resina termoplástica nas cores vermelha, branco, cinza e preto.

A linha de chá de cerâmica com alça de couro em tom terroso e esverdeado chamou a atenção entre as novidades da Asa Selection, marca alemã reconhecida por seu design limpo e moderno.

Outra marca alemã que merece a atenção dos brasileiros: a Blomus, criada em 2009 para atender diferentes áreas da casa com produtos que vão do mobiliário a velas aromáticas. Nesta edição da feira, a coleção Stay, com uma série de estofados estruturados em almofadões para uso externo ou interno, foi uma das estrelas do estande, assim como as linhas de mesa e de luminárias, para mesa, piso e teto.

A empresa de vidro milanesa Ichendorf expôs com destaque a coleção Animal Farm, criada pela designer Alessandra Baldereschi, com jarras e copos contendo pequenos animais, como peixes, esquilos e pássaros. A marca apresentou também sua linha de garrafas de vidro coloridas e a de difusores, batizada Sino e assinada por Giorgio Bonaguro e Viviana Maggiolini.

Uma série de produtos de plástico orgânico 100% reciclável foi o grande chamariz do estande da alemã Koziol, que investiu em tons pastel, azuis e verdes para colorir seus pratos, bowls e talheres. O novo material é composto de fibras de celulose e termoplástico, livre de BPA.

A dinamarquesa Normann Copenhagen trouxe a coleção Hyg para Frankfurt. Composta de diversos modelos de cadeiras e poltronas para serem usadas em residências ou escritórios, ela dispõe de formas orgânicas e da possibilidade de empregar revestimentos ou não.

A nova coleção de jantar Magic Garden, da Rosenthal, foi criada por Sacha Walckhoff para enfeitar a mesa com flores, sementes e folhagens, simbolizando as três fases de desenvolvimento de uma planta. A empresa alemã levou também para a feira sua linha de luminárias Phi, com cúpulas de porcelana esculpidas, e a coleção Zading e Palm Leaves, que homenageia EmilioPucci, exibindo impressões digitais inspiradas em viagens do estilista ao redor do mundo. Do mesmo grupo, a marca Sambonet expôs os centros de mesa da linha Madame, com metal e pedra, e a linha Penelope, ultrafeminina.

Duas empresas tradicionais, a Villeroy & Bosch e a Noritake, exibiram linhas de mesa empilháveis. Na empresa alemã, todos as atenções se voltaram para o La Boule, um ícone da marca de 1972 que renasce em 2020 em novas versões, com serviços para duas pessoas. Já a japonesa Noritake esbanjou contemporaneidade com sua linha de pratos, travessas e canecas sobrepostos.

A portuguesa Vista Alegre montou uma enorme mesa na frente do estande para mostrar a nova coleção de itens decorativos desenvolvida com a Maison Christian Lacroix. A inspiração veio de uma peça criada para embelezar a mesa da corte francesa no século XVII. O britânico Ross Lovegrove também desenhou vasos e centros de mesa em porcelana branca para a marca. Baseada em estampas do século XIX, originárias do acervo do museu da Vista Alegre, os itens da coleção Duality fundem presente e passado em ambos os lados da louça.

As cores das panelas e dos acessórios da francesa Le Creuset atraem o olhar de quem seja. Alegria para a cozinha e para a mesa posta. Aqui alguns dos tons apresentados pela marca.

Ganchos de porcelana imitando seixos encantaram o público que visitou o estande do estúdio alemão Maomi, nas cores preta, branca e bege. São dispostos em caixas com cinco ou nove unidades e podem formar verdadeiras instalações nas paredes.

As peças da dinamarquesa Verti empregam 94% de material proveniente de plantas. Podem ser usadas em diferentes configurações como vasos ou organizadores de produtos de beleza, higiene e bijuterias.

Adorei estas caixas de madeira da Ro Collection, marca também da Dinamarca. Com desenho limpo e em diferentes alturas, serve a usos diversos na casa ou no escritório. A empresa tem ainda uma linda coleção de castiçais, vasos e itens para a mesa.