Seleção com os produtos de desenhos autorais que chamaram nossa atenção na feira de móveis e acessórios de alta decoração

Designers de várias procedências criaram estampas para os tapetes da fábrica paulistana Tapetah.

A marca Tapetah surpreendeu na 27ª Abimad, que se encerra hoje (8 de fevereiro) em São Paulo, com sua novíssima coleção de tapetes Expressão, criada por 11 estúdios de design brasileiros, como o de Bruno Faucz (foto1), Fabrício Roncca (foto2), Renata Moura (foto3), Renata Rubim (foto 4, com Angela Leal, dona da marca), 80e8, Pax, Adolini + Simonini, Alex Bigeti, PontoEu, Tri Design e Vanessa Martins, além do uruguaio Menini Nicola. A marca, com 20 anos de mercado e fábrica própria na capital paulista, trouxe ainda o artista polonês Pior Michalek para o lançamento da linha que reproduz as pinturas dele e as de seu pai, o muralista Franciszek Michalek (1923-2006), em superfícies tramadas em teares manuais.

Dentre as novidades da Butzke, que completa 120 anos em 2019, as cadeiras da italiana Bica (foto1), líder na produção de mobiliário de área externa em polipropileno, passam a compor o portfólio da empresa catarinense. A marca estreia também a parceria com a Mormaii, que fornece seus tecidos de neoprene estampados para as cadeiras Preguiçosa (foto2) e Diretor. A poltrona Mosp (foto3) traz o design de Ricardo Rangel em banco, pufe, cadeiras e poltronas de madeira eucalipto combinada com aço carbono e laminado moldado. Na coleção indoor, os encostos exibem palhinha natural ou pintada. Cordas náuticas no assento e no encosto diferenciam a linha de banquetas e poltronas Veleiros (foto4) desenhada pela Plataforma4.

Comemorando 25 anos, a Gold Line mostrou a coleção 2019 com curadoria e design do mineiro Alê Alvarenga, cujo traço prioriza a estética sem rebuscamento. São nove sofás inéditos – o modelo Giorgio (foto1) tem encosto regulável por motor elétrico que o transforma em chaise; poltronas, como a retrô A317 (foto2), Betty e a Agneta (foto3); mesas, aparadores, bufês, somando 20 móveis para compor os espaços sociais da casa.

Bruno Faucz desenhou três peças para a Tissot: o conjunto de mesas Quadrat (foto1), para serem usadas juntas ou separadas; uma dupla de mesas de centro de desenho orgânico chamada Trip; e também a poltrona Hogar (foto2), de medidas enxutas. Na Móveis James, a novidade são as mesas Hago (foto3).

Homenageando os seres da floresta, como a taturana, o designer Sérgio J. Matos lançou pelo seu estúdio o banco (foto1) de mesmo nome que emprega estrutura de inox revestida com corda náutica. É dele também a poltrona Uaupés (foto2), desenvolvida para a empresa Cabanna Móveis, de João Pessoa.

Com 30 anos de tradição, a paranaense CGS reuniu um grupo de cinco jovens designers para projetar a nova coleção Pluma. Um deles é Carlos Alexandre, autor da poltrona Thona (foto1) e da cadeira Jenny (foto2). Já Pepê Lima assina o banco Alvin (foto3), um dos destaques da coleção. Para a Móveis James, Pepê desenhou a poltrona Edge (foto4).

Na Artefama, o designer Sérgio Fahrer assina a mesa de jantar Pilar de formas generosas, mas que traz a leveza dos encaixes dos pés, como pilares, e do tampo com chanfros de 60 graus para a contraposição entre o bruto e o delicado. A madeira recebeu tratamento especial para evidenciar os veios da matéria-prima maciça. A marca catarinense também apresentou sua linha de cozinhas de madeira que tem a grande vantagem de poder acompanhar o usuário em outros imóveis.

No estande da Doimo Brasil, olhares atentos para as criações de Marcelo Ligieri: cadeiras Mag (foto1) e Mak (foto2) e a poltrona Boss (foto3). Todas revestidas de couro.

A poltrona Blausee (foto1) tem desenho simples assinado por Samuca Gerber numa mistura de couro e metal. Outra novidade da Salvatore é a Fieira (foto2), de Fabricio Roncca, com costuras aparentes.

Leia também